Na Sala de Reunião.... - Palestrante Motivacional Rio de Janeiro , São Paulo
19726
post-template-default,single,single-post,postid-19726,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Na Sala de Reunião….

“Na sala de reunião ou no auditório da empresa”. Geralmente, os principais gestores estão lá presentes. Eu provavelmente serei convidado a falar, opinar e talvez até motivar o grupo dependendo da circunstância.

Uma, duas, ou três vezes por semana  eu passo por isso e sempre, não importa a situação, eu sempre fico desconfortável e vulnerável nessas circunstâncias.

Minhas mãos tremem, eu começo a suar e quando falo geralmente eu começo a gaguejar. Sigo em frente, pois encaro como uma responsabilidade da minha função, mas é sempre um sofrimento. Eu ado de um lado para outro, olho para baixo, ponho as mãos no bolso. Um dia vi uma pessoa bocejando…”

Esse é o relado de uma pessoa que me pediu ajuda através das redes sociais recentemente. Se você também passa por isso,  você precisa buscar ferramentas que lhe deixe mais seguro nesses momentos.

A notícia boa é que  esse tipo de reação é mais comum do que parece.  Ou seja , para você se diferenciar, você só precisa desenvolver habilidades que outras pessoas não tenham.

Nos últimos 10 anos participei de mais de 100 treinamentos e eventos comportamentais. Naturalmente , dividi o palco com profissionais comunicadores de altíssimo nível e profissionais que se aventuram por necessidade da profissão. Vi  médicos , engenheiros, contadores e todo o tipo de profissão subindo ao palco para falarem com sua equipe e afirmo com convicção que são raros os que realmente estão à vontade no palco e conseguem passar confiança para seus liderados gerando engajamento e motivação.

Para melhorar o seu desempenho em reuniões de planejamento, apresentação de metas e em situações de “estresse” profissional, é preciso entender um pouco do funcionamento das reações do próprio corpo e de como utilizar técnicas para obter o controle da situação.

Todos nós temos filtros cognitivos automáticos que tentam nos livrar de situações e exposições que nos deixariam em situação de perigo. De certa forma isso nos mantém vivos, porém de acordo com a vivência e desenvolvimento de cada ser humano, as ações desses filtros podem ser um pouco exageradas. Esse nível de exagero pode gerar pânico ou inibições ao convívio saudável pessoal e profissional.

Nesse caso, o cérebro interpreta qualquer situação que lhe exponha como uma situação de perigo, e produz adrenalina em alta quantidade. Envia mais sangue aos seus músculos e lhe deixa com instinto de sobrevivência. É por isso que você sua, treme e gagueja.

Para o cérebro é uma situação de perigo, mas na realidade é apenas medo de  passar por ridículo ou “pagar mico”.  Esse tipo de reação ou nos faz ficar ainda mais tensos ou presos.

É preciso exercitar a capacidade de relaxar os filtros cognitivos e acreditar mais em você mesmo.  É necessário à partir do momento em que você se preparou para realizar um bom trabalho,  se desligar do julgamento. Falar o que é necessário e agir como deve agir.

Muita gente acha que é bobagem, mas ensaiar para a parede de depois para o espelho permite que você aumente as conexões neuronais sobre determinas informações devido à repetição e ainda faz com que você se observe ao pronunciar cada etapa da sua apresentação.

Seus olhos, sua boca, sua testa, suas mãos e o restante do corpo. Conserte-se aos poucos, treine posições mais adequadas para se expressar, ainda que de inicio você não esteja confortável. Exemplo: Você pode substituir as mãos no bolso por uma caneta em uma das mãos ou o passador de slides. Em vez de andar de um lado para o outro , concentre-se em dar 2 grandes passos para a sua direito , marcar um tempo e mais 2 grandes passos para a sua esquerda.

Se você não consegue olhar nos olhos nas pessoas ainda, não olhe para baixo. Foque na testa delas ou na sobrancelha. Se for uma multidão, olhe para o todo em todas as direções como se encarasse alguém porém olhe no vazio.

Aos poucos você vai se sentir mais à vontade para realmente encarar as pessoas e não precisará mais de ter algo nas mãos para lhe dar segurança.

Se você leu até aqui e necessita  estar sempre em situações de exposição eu tenho eu presente para você.

Nesse link  https://goo.gl/dnggud  tem um Ebook gratuito, que eu preparei com muito carinho, e que eu tenho certeza que vai ajudar você . Seja para dar uma aula, fazer uma palestra ou participar de reuniões.  Eu não sei por quanto tempo eu  vou poder entregar o livro gratuitamente, então corre lá e baixa ele rapidinho.

Se você tiver alguma dúvida, coloca aqui em baixo nos comentário, eu mesmo vou responder com o maior prazer. É mudando o pensamento que a gente muda a avida. Grande Abraço.

paulovinnicius
paulovinnicius@paulovinnicius.com.br
No Comments

Post A Comment