Como Estimular Sua Inteligência Emocional - Palestrante Motivacional Rio de Janeiro , São Paulo
19762
post-template-default,single,single-post,postid-19762,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,boxed,vertical_menu_enabled,,qode-title-hidden,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Como Estimular Sua Inteligência Emocional

Olá tudo bem ?

Paraéns por você estar aqui, buscando autoconhecimento.

Vou passar para você algumas dicas para você começar a desenvolver a sua inteligência emocional.

A primeira coisa que quero que você faça é:

  • Compreenda as suas relações com as emoções

Busque dentro de você quais são as emoções que mais afetam a sua vida.

Em especial, quais são as emoções NEGATIVAS que tomam controle de você e, consequentemente da sua vida.

Agora presta bem atenção no que vou te dizer agora: a ÚNICA forma de você fazer isso de forma eficaz é parando de negar as emoções.

A maior parte das pessoas passam a vida negando emoções negativas, fingindo que não as tem.

“ Ansiedade , Paulo? Nunca vi , não tenho, nunca tive…”

Então, para que esse exercício funcione, você precisa ser honesto(a) e sincero(a) com você mesmo.

Vá à fundo no seu interior e busque quais emoções negativas dominam você com frequência.

Você sofre mais pelo medo? Pela magoa? Pela frustração? Pela ansiedade? Ou outro sentimento?

Essa resposta só você pode dar de forma sincera e é a partir daí que começamos a trabalhar o desenvolvimento da sua inteligência emocional.

  • Estimule a gratidão

Pode parecer bobagem, mas na minha experiencia já percebi que esse é uma das formas mais eficazes de começarmos a estimular a nossa inteligência emocional. Sabe por que?

Existem muitos sentimentos, muitas formas de expressão, que são difíceis de uma pessoa executar logo de cara. Se eu falasse pra você, por exemplo:

“ Pare de ser ansioso(a) …”

Ora, ou você iria me mandar para aquele lugar ou iria me falar:

“ E como diabos faço isso, gênio da lâmpada ? “

Isso porque trabalhar a sua ansiedade é algo muito mais complexo e que leva tempo.

Para chegarmos lá será preciso uma série de outras atitudes e estudos.

Agora, a gratidão não. Ela você pode começar a executar AGORA mesmo.

E por que isso seria um bom primeiro passo?

Pensa comigo: nós não conseguimos pensar ou sentir várias coisas ao mesmo tempo de forma intensa.

Normalmente, somos dominados por um sentimento predominante por vez.

Ou estamos com medo, ou confiantes, ou gratos, ou inseguros, ou revoltados etc etc etc.

A gratidão, por ser simples de executar, começará a substituir sentimentos ruins de você.

Se você exerce-la em 20% do seu dia, você já tem 20% do dia dominados por um sentimento positivo.

Além disso, ela tem um poder incrível de lhe jogar pra cima, pois a gratidão gera outro efeito: a reciprocidade.

Quando você é grato, é gentil, é atencioso com alguém , esse alguém tende a te tratar de forma reciproca. Isso gera um ciclo virtuoso na sua vida.

Então vamos começar a praticar AGORA.

  • Entenda seu cérebro e vire o jogo

Vou ser direto com você e espero muito que você confie em mim: você é SEMPRE capaz de mudar seu estado.

Se você está triste, você é capaz de rapidamente passar para um estado de maior felicidade.

Se está inseguro, você é capaz de se tornar confiante em alguns minutos.

É claro que isso requer estudo, prática e fé. Sim, fé.

Porque eu sempre digo: quem não acredita em nada que não vê de cara, não é capaz disso.

Tem muita gente que é tão cética que só acredita no que está totalmente diante dos seus olhos.

Infelizmente essas pessoas não são capazes de realizar essas mudanças de estado, por simples falta de fé.

E como fazer isso?

Primeira forma:

Busque no seu passado situações semelhantes.

Identifique outros momentos da sua vida onde você esteve, por exemplo, muito inseguro.

Como você fez para superar isso? Se quiser você pode buscar em exemplos próximos à você.

Como pessoas que você conhece fazem para superar algumas emoções?

Conheça seu cérebro, identifique o que funciona pra ele e execute.

Segunda forma:

Identifique o que está causando esse sentimento.

Já presenciei casos de uma pessoa extremamente insegura e quando fui à fundo nesse sentimento, era por um único motivo:

na infância ela foi recriminada sempre que tentava realizar algo.

Dessa forma, ficou em sua mente que a culpa era dela, que não fazia nada direito.

O simples fato de chegarmos à essa conclusão e mostrarmos que o que aconteceu com ela, acontece com a maior parte das crianças, já vou um gatilho inicial poderoso para mudar sua crença.

  • Aja

Sempre que estiver em bons momentos, AJA.

Se tem medo de exposição, aproveite um momento de confiança e se exponha.

Sempre que você adquire algum conhecimento, se você não usar ele, não aplicar, ele não serve para nada.

Daqui um tempo, ele ficará esquecido em algum lugar do seu cérebro e se tornará inútil.

Então, sempre que possível, enfrente seus medos de frente e você irá perceber com o tempo que eles irão se tornando cada vez menores.

O primeiro enfrentamento é sempre o mais doloroso.

O segundo já é um pouquinho menos.

Depois de 20 vezes aquilo se tornou comum, o medo foi embora. É assim que superamos nossos medos. Enfrentando-os de frente.

Bom, espero que tenha gostado e continue me acompanhando para aprender mais sobre Falar em Publico, autoconfiança e inteligência emocional.

JÁ BAIXOU MEU E-BOOK GRATUITO ?

Está em www.ebook.paulovinnicius.com.br

Beijos, abraços e até a breve!